Início » Comissão de Bem Estar Animal ajuda no resgate de cão enterrado vivo em Maceió

Comissão de Bem Estar Animal ajuda no resgate de cão enterrado vivo em Maceió

A Comissão de Bem Estar Animal da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB/AL) recebeu, na semana passada, denúncias de populares sobre um cão enterrado vivo no bairro do Ouro Preto, em Maceió. O resgate contou com o apoio do Corpo de Bombeiros e de membros de entidades que trabalham em prol da causa animal.Segundo a presidente da Comissão, Rosana Jambo, as denúncias apontam que o animal estava há quatro dias enterrado, apenas com o focinho do lado de fora, o que garantiu que o animal não morresse.?Foi uma cena dolorosa que deixou perplexas todas as pessoas que estiveram envolvidas no resgate. O pobre cão estava cheio de larvas em suas patas, sendo devorado lenta e dolorosamente. Não imaginamos a capacidade de um ser humano em fazer tamanho mal a um ser não inocente. Nosso trabalho agora será para identificar o culpado, por isso precisamos de toda sociedade para nos indicar quem cometeu esse crime. Colabore e envie denúncia anônima para cmabea@oab-al.org.br. A identidade será preservada?, comentou Rosana Jambo.Após o resgate, o animal foi encaminhado para o Núcleo de Educação Ambiental Francisco de Assis (Neafa), onde recebeu os cuidados médicos e agora está fora de perigo. ?Ele precisa de muito carinho e amor. Nosso agradecimento é especial a todos os envolvidos no resgate e que estão nessa corrente de solidariedade pelo cão?, finalizou a presidente da Comissão.Além da OAB Alagoas, participaram do resgate do animal Lourdes Xavier, o Comendador Da Causa Animal, Laerson Lira. O tratamento médico no Neafa é acompanhado por Deisy Nascimento, Pallova Weumanny Mendes Costa, Dra. Elisabeth Lima e toda equipe médica. O cão recebeu apoio do Grupo Resgatei para ser posto em adoção, mas antes mesmo de seguir aos cuidados do grupo, já tem um novo tutor que o receberá em sua família.