Início » Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral fará plantão na sede da OAB/AL durante eleição

Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral fará plantão na sede da OAB/AL durante eleição

A Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas trabalhou intensamente nos últimos meses, inclusive em regime de plantão, com advogados atentos ao recebimento de denúncias até nos finais de semana e feriados, 24h por dia. Durante a votação que ocorre neste domingo (02), não seria diferente, os membros da Comissão estarão de plantão no prédio sede da OAB Alagoas, em Jacarecica, e visitando zonas eleitorais para acompanhar o processo.O presidente da Comissão, Aldemar Motta Júnior, ressaltou que as ações realizadas até agora não ficaram restritas ao recebimento, análise e encaminhamento de denúncias. Dentro de um período de extrema turbulência na política era preciso que a OAB assumisse o protagonismo necessário para trabalhar junto à população a importância do voto para a condução do estado e país, sempre objetivando o melhor para a sociedade.?Tínhamos uma preocupação muito grande: a escolha do voto. Além de realizarmos diversas ações – em faculdades, no Centro de Maceió e em pontos de grande movimentação da orla da cidade -, divulgando nossos canais de recebimento de denúncias e explicando o que configura crime eleitoral, orientamos também a população sobre a importância de se analisar as propostas de cada candidato e votar de forma correta. O voto tem consequência e ela pode ser boa, com retorno em forma de melhorias para a sociedade, mas também pode ser muito ruim, penalizando os eleitores. É preciso escolher bem, principalmente em um momento tão turbulento como o que vivenciamos e que marca profundamente nossa história?, avaliou o presidente da Comissão, Aldemar Motta.Vários canais foram disponibilizados nos últimos meses para que a população pudesse encontrar o suporte necessário na OAB. Denúncias foram repassadas de forma anônima pelo email ccce@oab-al.org.br, pelo telefone 99176-4952, via aplicativo Caixa 2 e na própria sede da Secccional.?Recebemos informações que tratam de crimes de compra de voto, Caixa 2 e abusos de poder econômico, religioso ou político. Todas foram analisadas por nossa Comissão. Nos casos em que verificamos a procedência após uma triagem, encaminhamos aos órgãos fiscalizadores e punitivos como a Polícia Federal, o Ministério Público e, dependendo da gravidade, diretamente ao Tribunal Regional Eleitoral. A OAB Alagoas acompanhou inclusive denúncias de violência, com intimidação, espancamento e até com risco de morte em alguns municípios. Não temos poder de atuar sobre nenhuma das denúncias, mas acompanhamos com preocupação e agilidade para notificar os órgãos para que providências fossem tomadas?, explicou Aldemar Motta.O trabalho foi intenso, e não chegou ao fim. Durante este domingo de votação, a Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral, vai estar de plantão na sede localizada em Jacarecica e fiscalizando o andamento do processo, visitando algumas zonas eleitorais e em contato com outros órgãos.?Estamos com oito membros, com o presidente da Comissão, Aldemar Motta e comigo na coordenação. Ao todo são dez advogados de plantão na sede da OAB Alagoas, em Jacarecica, das 10 horas até às 17 horas. Sempre que recebermos demandas, dividiremos o grupo para visitar os locais de votação. Se a informação partir do interior, devido a logística, acionaremos as autoridades cabíveis via ofício e outros meios, como telefone e email?, ressaltou o coordenador da Comissão, Diego Omena.