Início » Comissão da Promoção da Igualdade Social realiza audiência que discutirá assassinatos de LGBTs em Alagoas

Comissão da Promoção da Igualdade Social realiza audiência que discutirá assassinatos de LGBTs em Alagoas

O assassinato da travesti Mary Montilla, em Palmeira dos Índios, ocorrido no último dia 2, foi o 12º caso de 2017, segundo o Grupo Gay de Alagoas (GGAL). Em todo ano passado foram 21 assassinatos de LGBTs (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais). Os números preocupantes levaram a Comissão da Promoção da Igualdade Social a organizar uma audiência pública, que acontece no prédio sede da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB/AL) no próximo dia 15, a partir das 09h. Na audiência estarão presentes representantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB Alagoas, da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (SEMUDH), da Secretaria de Segurança Pública (SSP), dos Conselhos LGBTs do Município e Estado, do Grupo Gay de Alagoas e da Associação das Travestis e Transexuais do Estado. “Os assassinatos recentes tendo como vítima a população LGBT nos fez convocar a sociedade civil e organizada no sentido de discutir os números da violência. Dentro dessa discussão, a proposta é deliberar sobre as políticas públicas que podem ser adotadas juntamente com os órgãos dos Direitos Humanos e da Segurança Pública. Essas deliberações terão como base propostas apresentadas pelos Conselhos Municipal e Estadual LGBTs, o GGAL e a Associação das Travestis e Transexuais. Ao final da audiência, iremos confeccionar um documento oficial com todas as propostas aprovadas e encaminhar formalmente aos órgãos que possam contribuir para que casos como estes não continuem se repetindo”, explicou o presidente da Comissão da Promoção da Igualdade Social, Alberto Jorge.