Início » Aprovada proposta orçamentária do exercício de 2018 da OAB Alagoas

Aprovada proposta orçamentária do exercício de 2018 da OAB Alagoas

Foi aprovada por unanimidade, pelo Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB/AL), a proposta orçamentária do exercício de 2018. Esta foi uma das pautas da sessão do conselho, realizada nesta sexta-feira (27), na sede da instituição, em Jacarecica. Antes da leitura do parecer, a Diretora Tesoureira da OAB Alagoas, Thaisa Gameleira, repassou aos conselheiros um histórico da atual situação financeira da Ordem e relembrou que, apesar da situação econômica difícil vivenciada em 2016, a instituição conseguiu cumprir todas as metas programadas e finalizou o ano com as contas em dia, sem dívidas, conseguindo honrar todos os compromissos firmados. Thaisa Gameleira falou sobre os avanços com as negociações de anuidades em atraso e os pontos positivos da campanha de recuperação de crédito realizada no ano passado que conseguiu reduzir para 37%, em dezembro de 2016, o índice de inadimplência dos advogados inscritos na Seccional. “Esse foi um trabalho conjunto com a equipe de colaboradores que compõem o setor da Tesouraria da instituição. Conseguimos equilibrar as contas e finalizar 2016 com um superávit; o mesmo está acontecendo em 2017. Nosso planejamento que consta na proposta orçamentária para o exercício de 2018 tende a atender muitos anseios da classe. Já recebemos a visita do Controlador Geral do Conselho Federal da OAB, que analisou toda a peça e elogiou a atuação da Seccional Alagoana quanto a administração dos recursos. Exercemos nossa função sem medir esforços para proporcionar a nossa classe as melhorias necessárias, sempre com muita responsabilidade”, colocou Gameleira. O processo teve como relator o conselheiro seccional, Álvaro Torres, que também é presidente da Comissão de Orçamento e Contas da Ordem, na avaliação da documentação que compõe o caderno processual, destacam-se os relatórios bastante circunstanciados elaborados pelo setor contábil/financeiro desta Seccional, bem como dos demonstrativos sintético e analíticos de receitas e despesas para o exercício de 2018, com detalhamento mais do que suficiente para possibilitar a análise e aprovação do orçamento anual pelo Conselho Seccional. “A proposta orçamentária da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Alagoas para o exercício de 2018 se apresenta compatível com a realidade institucional da Ordem, posto que respaldada nos dispositivos legais a ela pertinentes (Lei n. 8906/94, art. 58; Regulamento geral, artigos 58 e seguintes e Regimento Interno da OAB/AL, art. 37, Inciso I), esta Comissão recomenda a sua aprovação pelo Conselho Seccional da OAB/AL e posterior encaminhamento ao Conselho Federal da OAB, na forma do Regulamento Geral”, diz o relatório. A presidente da OAB Alagoas, Fernanda Marinela, ressaltou o incansável trabalho desenvolvido sempre em prol da advocacia. “Essa é uma dedicação diária e conjunta de todos que fazem a gestão da Ordem. Nosso orçamento é preparado com o objetivo de atender as necessidades da advocacia e o pleno funcionamento de nossa instituição. Que todos continuemos enveredando ações por nossa Ordem”, concluiu.