Início » Lamachia é homenageado pelo Conselho Federal, Colégio de Presidentes dos Institutos do Brasil e IAB

Lamachia é homenageado pelo Conselho Federal, Colégio de Presidentes dos Institutos do Brasil e IAB

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, foi homenageado em sua última sessão como dirigente máximo do Conselho Federal da Ordem, em sessão extraordinária realizada nesta quinta-feira (31). A partir de amanhã, a nova diretoria eleita para o triênio 2019-2022 assume a entidade. O conselheiro federal Jarbas Vasconcelos (PA) proferiu as primeiras palavras. “Na hora mais obscura somente os bravos continuam combatendo. As guerras são vencidas pelos estadistas, não pelos exércitos. A OAB nem sempre tem seu melhor filho nas horas mais difíceis, mas nas horas mais difíceis desta nação a Ordem pôde contar com vossa excelência, o melhor filho da advocacia para aqueles momentos. Vossa excelência transpira conosco nas trincheiras e na linha de frente, sem fazer questão de protagonizar ocasiões cômodas, mas sim de lutar no corpo a corpo pelas prerrogativas da advocacia, debaixo de chuva, de sol escaldante, em qualquer que fosse o rincão deste país continental. No Oiapoque, no Chuí, nos interiores, nos sertões, em frente a delegacias, nos Pampas, eu vi a presença em todos esses lugares de um presidente que não conhece a covardia e, por isso, nos liderou pelo exemplo”, apontou. A conselheira federal decana Cléa Carpi (RS), agraciada com a Medalha Rui Barbosa na atual gestão, falou em nome da advocacia feminina. “Rendo aqui, como decana deste Plenário, minhas sinceras homenagens ao valoroso e honroso advogado Claudio Lamachia, que de modo bravo conduziu este Conselho nos últimos três anos. Estamos ombreadas ao conselheiro Jarbas, ratificando e corroborando as belas e justas palavras proferidas por ele”. Marcelo Mota, ex-presidente da OAB-CE e conselheiro federal eleito, falou em nome dos dirigentes de Seccionais. “Claudio Lamachia se mostrou um amigo de todas as horas, presente e atuante. Esteve em todas as Seccionais da Ordem durante a sua gestão, fosse para prestigiar solenidades, eventos ou para tarefas mais árduas. Fica aqui o abraço e a gratidão a este grande líder da advocacia nacional”, disse. Também proferiram breves discursos de homenagem os presidentes Marco Aurélio Choy (AM) e Mansour Elias Karmouche (MS). As conselheiras federais da gestão que chega ao fim entregaram ao presidente Lamachia uma placa em reconhecimento aos trabalhos prestados em prol da advocacia brasileira nos três anos de sua gestão à frente do Conselho Federal da OAB. Recebo de modo totalmente comovido as palavras e o carinho de cada um e cada uma. Sem dúvida, tudo o que construímos ao longo desses três anos – e não foram poucas obras – foi fruto de empenho coletivo. Quando assumi como presidente nacional da Ordem, eu disse e hoje reafirmo: fui somente um porta-voz que externava as decisões e posicionamentos dos senhores e das senhoras. Foi um enorme privilégio ter ombreado este Plenário nesta caminhada, naquele que foi um dos momentos mais difíceis da história do Brasil, senão o mais difícil. Foram deliberações árduas, intensas, pelos pedidos de afastamento e cassação de parlamentares, impeachment de dois presidentes da República, sem nos descuidarmos de garantir o respeito às prerrogativas da advocacia e aos direitos fundamentais. Uma vida deve ser vivida na plenitude e esses três anos foram vividos assim, tenho a mais absoluta certeza. Gratidão é dívida que não prescreve, portanto sou e serei eternamente grato”, disse Lamachia em agradecimento, visivelmente emocionado.