Início » Inscrições abertas: Escola Superior da OAB publica edital de artigos só para mulheres

Inscrições abertas: Escola Superior da OAB publica edital de artigos só para mulheres

Chamada vai até dia 23; trabalhos acadêmicos serão apresentados em evento no final do mês e os melhores vão ser publicados em livro

Tiveram início nesta quinta-feira (10) as inscrições do novo edital de chamada de trabalhos da Escola Superior de Advocacia (ESA) da Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB/AL), direcionado para autoras mulheres. Os artigos selecionados serão apresentados durante o evento “Direito, Tecnologia e Sociedade: desafios do Direito diante das novas tecnologias e transformações sociais”, que acontecerá na sede da Instituição nos dias 28 e 29 de março, e parte deles serão posteriormente publicados em livro. O edital foi publicado no Diário Eletrônico da Ordem dos Advogados do Brasil nesta quinta e as inscrições seguirão abertas até o dia 23 de março.

CONFIRA O EDITAL NA ÍNTEGRA

Podem participar da seleção pesquisadoras, advogadas e estudantes. Para se inscrever, as interessadas devem enviar resumos expandidos dos trabalhos através do endereço “esapublicacoes@oab-al.org.br”. No e-mail, a autora deverá indicar o eixo temático em que o trabalho se enquadra: Novas tecnologias e o interesse público ou Impactos da inovação tecnológica na vida e nos negócios.

Será permitido o envio de até dois resumos expandidos por pesquisadora, sendo possível a coautoria de, no máximo, três autoras. O resumo expandido deverá ser apresentado oralmente por pelo menos uma das autoras. Caso apenas uma das coautoras apresente oralmente o resumo, somente esta receberá o certificado de apresentação. As demais receberão declaração de publicação nos anais do evento.

De acordo com o edital, os resumos expandidos apresentados no evento credenciarão os trabalhos para uma seleção posterior, que será realizada por meio de uma banca avaliadora, onde serão selecionados 12 trabalhos para publicação em livro a ser lançado e custeado pela OAB Alagoas, por meio da Escola Superior de Advocacia (ESA).

“O meio acadêmico tem sido, tradicionalmente, ocupado por homens e nós precisamos valorizar e fomentar a produção do conhecimento a partir da visão feminina, estimulando cada vez mais a pesquisa realizada por mulheres. Essa é a proposta desse edital que a ESA está lançando no Mês da Mulher”, explicou Jéssica Figueiredo, uma das responsáveis pela seleção.