Início » Presidente da OAB Alagoas empossa membros da Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral

Presidente da OAB Alagoas empossa membros da Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral

A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB/AL), Fernanda Marinela, e o presidente da Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral (CCCE ? OAB/AL), Aldemar Motta Júnior, realizaram no final da tarde desta quarta-feira (31) a solenidade de posse dos oito membros que irão compor a Comissão. As denúncias de irregularidades no pleito municipal deste ano já estão sendo recebidas pela Ordem por meio de telefone, email, pelo aplicativo Caixa 2 e na sede Histórica.Os advogados foram recebidos com boas vindas pela presidente da OAB/AL, Fernanda Marinela, que ressaltou a importância da utilização de todos os meios para facilitar o contato do denunciante que tenha em mãos informações e provas sobre irregularidades durante a campanha.?Eleições limpas, esta é a nossa pauta. Para atender a demanda, planejamos atuar com a Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral em sistema de plantão, como fazemos com as Prerrogativas. Os canais existem e agora, além do telefone e email, contamos com o aplicativo Caixa 2. Estamos recebendo denúncias e encaminhando para os órgãos de controle e apuração, para adoção das medidas legais cabíveis. Após esse encaminhamento, continuamos acompanhando o andamento dessas denúncias, inclusive em caso de punição dos responsáveis?, destacou Marinela.O presidente da Comissão, Adelmar Motta, revelou que as denúncias que chegaram a OAB-AL foram feitas de forma anônima e, em sua maioria, tratam de crimes relacionados a compra de votos, abusos de poder econômico, religioso ou político, além de emprego de financiamentos irregulares. Para que o encaminhamento destas informações fortaleça as investigações é necessário que o denunciante repasse o maior número de provas que consiga obter.?Estamos fortalecendo ainda mais nossa atuação. Os membros da Comissão serão distribuídos em grupos para atender as demandas que surjam em Maceió e no interior. As informações que chegarem serão averiguadas antes de serem encaminhadas aos órgãos responsáveis pelas investigações. O número de advogados na Comissão pode ampliar ao longo dos trabalhos. Teremos sempre pelo menos quatro membros de plantão por dia, inclusive à noite atendendo os contatos que cheguem de forma urgente via telefone. Nossa missão é buscar fortalecer esse contato com a sociedade e destacar o papel importante que eles têm no encaminhamento dessas denúncias e, consequentemente, investigações. Estamos inclusive com alguns encontros já agendados e outros para marcar junto à escolas e faculdade, público e privadas?, explicou Aldemar Motta.As denúncias podem ser feitas à Comissão através do e-mailccce@oab-al.org.br; pelo disque corrupção, através dos números 99176-4952 e/ou 3028-2556; pelo aplicativo Caixa 2; e na sede Histórica da OAB Alagoas, no Centro de Maceió, no horário das 8h às 17 horas.Compõem a Comissão de Combate à Corrupção Eleitoral, o presidente Aldemar Motta e os membros Giovanni Roncalli Casado de Souza Júnior, Karinne Nascimento de Almeida, Aylane Bárbara da Silva Cavalcante, Vanessa Lopes Araújo, André Fernando Pereira de Santana, Esteynid Vilaplana Santana, Carlo Lôbo Costa Coelho e João Odin Gomes Ribeiro.